Tutorial de remoção do BringMeSports Removal Malware

BringMeSports é uma extensão de navegador desenvolvida pela Mindspark Inc. que permite assistir transmissões ao vivo de esportes, acompanhar placares de esportes e acompanhar as últimas notícias do mundo dos esportes.
BringMeSports instala uma extensão em seu navegador que substitui sua página inicial padrão pela página inicial MyWebSearch, também substitui seu mecanismo de pesquisa padrão, mostra anúncios adicionais e, durante a execução, coleta dados pessoais e de navegação na web que são posteriormente enviados de volta para serem vendidos / Encaminhado para veicular anúncios. Ao navegar na Internet com essa extensão instalada, você verá anúncios adicionais e links patrocinados em seus resultados de pesquisa. Pode até mostrar anúncios pop-up.
Vários scanners antivírus marcaram esta extensão como um sequestrador de navegador e, portanto, não são recomendados para manter em seu computador.

Sobre os seqüestradores de navegador

O sequestro de navegador é um tipo de software indesejado, geralmente um complemento ou extensão do navegador da web, que causa modificações nas configurações do navegador. O malware sequestrador de navegador é criado por diversos motivos. A ideia seria forçar os usuários a visitar determinados sites que estão tentando aumentar o tráfego de visitantes do site e gerar uma receita de publicidade mais alta. Embora possa parecer ingênuo, todos os sequestradores de navegador são prejudiciais e, portanto, sempre considerados como riscos à segurança. Os sequestradores de navegador podem até permitir que outros programas prejudiciais sem o seu conhecimento danifiquem ainda mais o seu computador pessoal.

Sinais de invasão de navegador

Existem vários sintomas de seqüestro de navegador. Aqui estão alguns deles:
1. você notar alterações não autorizadas na página inicial do seu navegador de Internet
2. você é redirecionado para sites que nunca quis visitar
3. o mecanismo de pesquisa padrão é alterado e as configurações de segurança do navegador da web foram reduzidas sem o seu conhecimento
4. você está encontrando novas barras de ferramentas que nunca viu antes
5. você observa vários anúncios aparecerem nos navegadores ou na tela do computador
6. seu navegador fica lento, com erros frequentes
7. você está bloqueado para acessar os sites de fornecedores de soluções de segurança de computadores.

Precisamente como o seqüestrador de navegador infecta computadores

Os sequestradores de navegador atacam os sistemas de computador por meio de anexos de e-mail mal-intencionados, baixam arquivos de computador infectados ou acessam sites infectados na Internet. Eles também podem vir de programas complementares, também chamados de objetos auxiliares do navegador (BHO), extensões do navegador da web ou barras de ferramentas. Um sequestrador de navegador também pode ser instalado como parte de programas freeware, shareware, demoware e pirateados. Exemplos comuns de sequestradores de navegador incluem CoolWebSearch, Conduit, Coupon Server, OneWebSearch, RocketTab, Snap.do, Delta Search e Searchult.com.

A existência de qualquer malware sequestrador de navegador em seu computador pode diminuir drasticamente a experiência de navegação na web, rastrear suas atividades online que resultam em problemas de privacidade, criar problemas de estabilidade do sistema e, eventualmente, fazer com que seu computador fique lento ou praticamente inutilizável.

Como você pode remover os seqüestradores de navegador

Alguns sequestradores podem ser removidos excluindo o software gratuito com o qual foram incluídos ou removendo qualquer extensão que você adicionou recentemente ao seu sistema. Dito isso, muitos sequestradores são bastante tenazes e precisam de ferramentas especializadas para eliminá-los. E não há como negar o próprio fato de que as correções manuais e métodos de remoção podem certamente ser um trabalho complicado para um usuário de PC novato. Além disso, existem muitos riscos associados à manipulação dos arquivos de registro do sistema.

O que fazer se você não conseguir instalar nenhum anti-malware?

Todo malware é ruim e as consequências dos danos podem variar com base no tipo específico de malware. Certas variantes de malware alteram as configurações do navegador de Internet incluindo um servidor proxy ou modificam as configurações DNS do computador. Nesses casos, você não poderá visitar alguns ou todos os sites e, portanto, não poderá baixar ou instalar o software de segurança necessário para remover a infecção. Se você está lendo isto, provavelmente você está preso a uma infecção por malware que está impedindo que você baixe ou instale o software Safebytes Anti-Malware em seu sistema. Embora esse tipo de problema seja difícil de contornar, existem algumas ações que você pode realizar.

Instalar no modo de segurança

No Modo de segurança, você pode alterar as configurações do Windows, desinstalar ou instalar alguns programas e remover malware difícil de excluir. Se o software malicioso estiver configurado para carregar automaticamente quando o computador iniciar, alternar para este modo específico pode impedir que isso aconteça. Para entrar no Modo de segurança ou Modo de segurança com rede, pressione F8 enquanto o PC está inicializando ou execute o MSCONFIG e procure as opções de “Inicialização segura” na guia “Inicializar”. Quando estiver no Modo de segurança, você pode tentar instalar seu aplicativo antivírus sem o impedimento do malware. Após a instalação, execute o scanner de malware para se livrar da maioria das infecções padrão.

Utilize um navegador de Internet alternativo para baixar o aplicativo anti-malware

Os vírus baseados na Web podem ser específicos do ambiente, visando um determinado navegador ou atacando determinadas versões do navegador. A maneira mais eficaz de superar esse problema é selecionar um navegador da Web conhecido por seus recursos de segurança. O Firefox inclui proteção integrada contra malware e phishing para mantê-lo seguro online.

Crie um anti-malware portátil para remover vírus
Outra opção é criar um programa anti-malware portátil no seu pendrive. Para executar o antivírus usando uma unidade flash USB, siga estas etapas simples:
1) Faça o download do anti-malware em um PC sem vírus.
2) Insira a unidade USB no mesmo sistema.
3) Execute o programa de instalação clicando duas vezes no arquivo executável do software baixado, que tem um formato de arquivo .exe.
4) Selecione a letra da unidade da caneta como o local em que o assistente pergunta exatamente onde você deseja instalar o anti-malware. Faça conforme as instruções na tela para concluir o processo de instalação.
5) Transfira a unidade flash do PC não infectado para o PC infectado.
6) Execute o Safebytes Anti-malware diretamente da unidade flash, clicando duas vezes no ícone.
7) Clique no botão “Scan” para executar uma verificação completa do sistema e remover malware automaticamente.

Proteja seu PC e privacidade com SafeBytes Anti-Malware

Se você está procurando um antimalware para o seu PC, há muitas marcas e pacotes a serem considerados. Alguns deles fazem um ótimo trabalho ao se livrar das ameaças de malware, enquanto outros afetam o seu PC. Você precisa ter cuidado para não escolher o produto errado, especialmente se você comprar um programa premium. Um dos softwares recomendados é o SafeBytes AntiMalware. A SafeBytes tem uma reputação muito boa de serviço de alta qualidade e os clientes parecem estar muito satisfeitos com isso.

A Safebytes está entre as empresas de soluções de computador bem estabelecidas, que fornecem este aplicativo anti-malware completo. Usando sua tecnologia de ponta, este aplicativo o ajudará a eliminar vários tipos de malware, como vírus, PUPs, trojans, worms, ransomware, adware e sequestradores de navegador.

SafeBytes tem uma variedade de recursos que podem ajudá-lo a proteger seu computador contra ataques e danos de malware. Vamos verificar alguns deles abaixo:

Proteção antimalware robusta: Com um mecanismo de malware aclamado pela crítica, o SafeBytes oferece proteção em várias camadas que se destina a detectar e eliminar vírus e malware que estão escondidos nas profundezas do sistema do seu computador.

Proteção ativa: SafeBytes fornece verificação ativa em tempo real e proteção contra todos os vírus e malware conhecidos. Ele monitora continuamente seu laptop ou computador em busca de atividades de hackers e também fornece aos usuários proteção superior de firewall.

Habilidades de “varredura rápida”: O SafeBytes Anti-Malware tem um algoritmo de verificação multi-thread que funciona até 5 vezes mais rápido do que qualquer outro software anti-malware.

Segurança na Internet: A Safebytes atribui a todos os sites uma pontuação de segurança exclusiva que ajuda você a ter uma idéia de se a página da web que você vai visitar é segura para exibição ou é conhecida como um site de phishing.

Utilitário leve: SafeBytes é uma solução antivírus e antimalware leve e fácil de usar. Uma vez que utiliza recursos de computador insignificantes, este aplicativo deixa o poder do computador exatamente onde ele pertence: com você na verdade.

Suporte Premium: O serviço de suporte está disponível 24 x 7 x 365 dias via e-mail e chats para responder às suas dúvidas.

Detalhes técnicos e remoção manual (usuários avançados)

Se você deseja remover manualmente o BringMeSports sem o uso de uma ferramenta automatizada, talvez seja possível removê-lo do menu Adicionar / Remover Programas do Windows, ou, no caso de extensões do navegador, acessando o gerenciador AddOn / Extension dos navegadores. e removê-lo. Você provavelmente também desejará redefinir seu navegador.

Para garantir a remoção completa, verifique manualmente seu disco rígido e registro para todos os itens a seguir e remova ou redefina os valores de acordo. Observe que isso é apenas para usuários avançados e pode ser difícil, com a remoção incorreta de arquivos causando erros adicionais no PC. Além disso, alguns malwares são capazes de se replicar ou impedir a exclusão. Recomenda-se fazer isso no modo de segurança.
Os seguintes arquivos, pastas e entradas do registro são criados ou modificados pelo BringMeSports

Arquivos:
C: Arquivos de programasbringmesports_1c chromebarbarBringMeSportsCrxSetup.exe
C: Arquivos de programasbringmesports_1c chrome extensiont8sql.dll
C: Program Filesbringmesports_1c chrome extensionBringMeSportsCrxSetup.exe
C:Program Filesbringmesports_1c chrome extensionBringMeSportsCrxSetup.05F72CDF-5595-450B-9BAB-B1F6C606AAEC.exe
C:Program Filesbringmesports_1c chrome extensionBringMeSportsCrxSetup.1E4C7E0D-19E7-4C18-ADB3-3D45FC4BE84C.exe
C:Program Filesbringmesports_1c chrome extensionBringMeSportsCrxSetup.85D40F0D-233C-463F-8BAB-F6D446902D65.exe
C:Program Filesbringmesports_1c chrome extensionBringMeSportsCrxSetup.A94A3339-330B-4B96-B05A-B909E6BB85A1.exe
C:Program Filesbringmesports_1c chrome extensionBringMeSportsCrxSetup.EEE1FB37-85E3-49E8-BC44-36CC97CE3B73.exe
C: Arquivos de programabringmesports_1c chrome extensionsqlite3.dll
C: Arquivos de programa (x86) BringMeSports_1cEI
C: Arquivos de programa (x86) BringMeSports_1c
C: Usuários% USERNAME% AppDataLocalBringMeSports_1c
C: Usuários% USERNAME% AppDataLocalIAC
C: Usuários% USERNAME% AppDataLocalLowBringMeSports_1cEI
C: Usuários% USERNAME% AppDataLocalLowBringMeSports_1c
C: Usuários% NOME DE USUÁRIO% AppDataRoamingMozillaFirefoxProfilesXXX.defaultextensionscffxtbr@BringMeSports_1c.com
C: Usuários% USERNAME% AppDataLocalGoogleChromeUserDataDefaultExtensionsllkjooekcinmdmojmfdjhidbakfpepod

Registro:
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerApproved Extensions, value: F653D037-97FA-4755-98C1-7F382EEB59A7
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerApproved Extensions, value: CC53BD19-7B23-43B0-AB7C-0E06C708CCED
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerApproved Extensions, value: 002D1BA6-4766-4D7D-82B8-F49439C66F97
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerToolbar, value: cc53bd19-7b23-43b0-ab7c-0e06c708cced
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftInternet ExplorerToolbar, value: cc53bd19-7b23-43b0-ab7c-0e06c708cced
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionExtPreApprovedbc61ca7a-6b81-47ec-b62d-ae1a236cadb9
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionExtPreApproved82c7004a-078e-468c-9c0f-2243618ff7cb
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionExtPreApproved6285c254-4465-4f8b-a009-5f42ab02c291
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionExtPreApprovedA8CC25D-66FF-41DF-B3B4-416079EF8F87
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionexplorerBrowser Helper Objectsf653d037-97fa-4755-98c1-7f382eeb59a7
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionexplorerBrowser Helper Objects02d1ba6-4766-4d7d-82b8-f49439c66f97
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftWindowsCurrentVersionExtPreApprovedf0c8ccc2-baaa-4236-ad0a-22b5a401b9ef
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftWindowsCurrentVersionExtPreApprovedA8CC25D-66FF-41DF-B3B4-416079EF8F87
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftWindowsCurrentVersionexplorerBrowser Helper Objectsf653d037-97fa-4755-98c1-7f382eeb59a7
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftWindowsCurrentVersionexplorerBrowser Helper Objects02d1ba6-4766-4d7d-82b8-f49439c66f97
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicyfa460720-7b38-421d-981c-66f0ae288fb9
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicya2b4da91-a53c-4a84-b486-40080de13a9b
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicy89b7ae32-9c52-41d6-a64d-14d7bdec9c58
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicy32a63172-5bcc-4d7e-9fe8-072eee6c287e
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicya2b4da91-a53c-4a84-b486-40080de13a9b
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicy89b7ae32-9c52-41d6-a64d-14d7bdec9c58
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicy32a63172-5bcc-4d7e-9fe8-072eee6c287e
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicy1856a7bd-de8c-488b-aa7a-5682d13166fc
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftInternet ExplorerLow RightsElevationPolicy164ea1fc-b0a0-4202-8c65-e4ba4d54a3ae
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionExtStatsF653D037-97FA-4755-98C1-7F382EEB59A7
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionExtStatsCC53BD19-7B23-43B0-AB7C-0E06C708CCED
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionExtSettingsCC53BD19-7B23-43B0-AB7C-0E06C708CCED
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftWindowsCurrentVersionExtSettings02D1BA6-4766-4D7D-82B8-F49439C66F97
HKEY_CURRENT_USERWow6432NodeMicrosoftInternet ExplorerSearchScopes8c9ef753-beb6-4582-b653-93ac59274437
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerSearchScopes8c9ef753-beb6-4582-b653-93ac59274437
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerDOMStoragebringmesports.com
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerDOMStoragebringmesports.dl.tb.ask.com
HKEY_CURRENT_USERBingMeSports
HKEY_CURRENT_USERMicrosoftInternet ExplorerDOMStoragebringmesports.dl.myway.com
HKEY_LOCAL_MACHINEHKEY_CURRENT_USER [APPLICATION] MicrosoftWindowsCurrentVersionUninstall..Uninstaller
BringMeSports_1cbar Desinstalar o Internet Explorer
BringMeSports_1cbar Desinstalar o Firefox
BringMeSportsTooltab Como desinstalar o Internet Explorer

Você precisa de ajuda com seu dispositivo?

Nossa equipe de especialistas pode ajudar
Os especialistas da Troubleshoot.Tech estão disponíveis para você!
Substituir arquivos danificados
Restaurar o desempenho
Espaço livre em disco
Remover Malware
Protege o navegador WEB
Remover vírus
Pare o congelamento do PC
OBTER AJUDA
Os especialistas da Troubleshoot.Tech trabalham com todas as versões do Microsoft Windows, incluindo Windows 11, com Android, Mac e muito mais.

Compartilhe este artigo:

você pode gostar também

Erros comuns do Outlook

Erros mais comuns do Microsoft Outlook

Quando você tem um programa, você sabe antes mesmo de começar a usá-lo ou mesmo sabe como vai ter problemas com ele. Sempre haverá mensagens de erro e coisas que não funcionam em nenhum programa que você compra ou baixa; garantido. Mesmo alguns dos desenvolvedores de programas mais famosos do mundo cometem erros de tempos em tempos e é um pequeno preço a pagar pelos programas que você obtém e isso é um fato. Microsoft Outlook é como qualquer outro programa; tem seus erros. Aqui estão alguns dos erros mais comuns do Microsoft Outlook no seu computador.

1. Problema ao receber e-mails

Às vezes você pode estar esperando e-mails realmente importantes. É realmente irritante quando você sabe que eles foram enviados, no entanto, toda vez que você verifica sua caixa de e-mail, não há nada lá! Sua caixa de entrada está vazia e sua paciência está se esgotando, então poderia ser um erro com o Microsoft Outlook? Há uma grande probabilidade de que este seja o problema. O programa pode ser um pouco lento ao receber e-mails às vezes, muitas vezes até por dias. Isso pode ser causado por uma série de coisas, como ter muitos e-mails chegando ou ter muitos e-mails em sua caixa de entrada. Se você clicar em 'enviar e receber' na parte superior, ele deve acelerar a chegada de seus e-mails, portanto, tente se estiver esperando que algo seja enviado. Se isso não funcionar, no entanto, sua caixa de entrada pode estar cheia. Tente excluir permanentemente algumas mensagens inúteis e clique em 'enviar e receber' novamente. Todos os seus e-mails devem passar então!

2. Desempenho lento geral

O Outlook, embora tenha suas vantagens, muitas vezes pode ser muito lento. Provavelmente é mais lento do que alguns outros programas de e-mail que exigem um navegador, mas é mais rápido de acessar, o que pode compensar esse fato. No entanto, às vezes o desempenho lento pode ser realmente irritante, por isso pode ser sensato tentar e consertá-lo se você puder. Uma das razões pelas quais ele pode estar agindo devagar é se você tiver muitos outros aplicativos do Windows abertos. Os aplicativos que podem interferir na velocidade do Outlook podem ser desde o Microsoft Word até o Windows Live Messenger. Se algum deles estiver aberto, tente fechá-los e veja se isso ajuda com o problema de velocidade.

3. Arquivos corrompidos

Os arquivos .dbx não são acessíveis pelo Microsoft Outlook. Portanto, eles podem causar problemas com seus e-mails se você os tiver dentro deles. Para resolver esse problema, talvez seja necessário excluir todas as suas contas de e-mail anexadas e reanexá-las antes de poder abrir seus e-mails novamente. Esses arquivos corrompidos também podem fazer com que você não consiga excluir e-mails. Você precisará transferir esses arquivos corrompidos excluídos para uma pasta de exclusão separada, pois isso geralmente é causado pela corrupção da pasta. De todos os outros problemas mais frequentes com o Microsoft Outlook, no entanto, este é provavelmente o menos provável de acontecer, o que mostra quão poucos problemas existem com este aplicativo depois de tudo isso!

Conclusão

Portanto, existem os problemas mais comuns do Microsoft Outlook! Não há muito errado, existe?
Saiba Mais
Dicas e truques para uma vida mais longa do SSD
Hoje, a maioria dos usuários tem um SSD dirigir, os tempos mudaram e SSD tornou-se o seu equipamento informático típico. Muito tempo se passou desde o primeiro SSD discos rígidos até hoje e a tecnologia evoluiu e melhorou, mas ainda assim, existem alguns truques e dicas interessantes para acelerar e prolongar a vida útil do seu disco rígido SSD. Dito isto, vamos mergulhar direto no que eu gostaria de chamar o essencial de ter um Disco rígido SSD.
  1. Mantenha seu firmware SSD atualizado.

    Este é realmente um acéfalo, manter seu firmware atualizado o tempo todo garantirá uma vida mais longa e estabilidade do SSD. O truque aqui é que cada fabricante de SSD tem suas próprias maneiras de atualizar o firmware, então isso não é algo universal. Você terá que ir ao site oficial do fabricante do seu SSD e obter atualizações de firmware e instruções diretamente deles.
  2. Ative o ACHI.

    A interface de host do controlador avançado ou ACHI curto é um recurso que garantirá que seu Windows oferecerá suporte a todos os recursos que vêm com a execução de SSD em seu computador. Ele controla o recurso TRIM, que é crucial para ajudar o próprio Windows na coleta de lixo em seu disco rígido. Para habilitar o ACHI, você terá que fazer isso a partir de sua BIOS e seria muito bom se o recurso fosse habilitado antes de o próprio Windows ser instalado para que possa tirar o máximo proveito dele.
  3. Habilite TRIM.

    O recurso TRIM é vital para estender a vida útil do SSD e deve ser habilitado por padrão no Windows, mas você nunca pode ser muito cauteloso e verificar e habilitar se necessário. Para certificar-se de que está ativado, abra o prompt de comando e digite: Conjunto de comportamento de fsutil disabledeletenotify 0
  4. Certifique-se de que a restauração do sistema esteja ativada.

    Nos primeiros dias de SSD, a restauração do sistema era realmente um recurso que você queria desativar para evitar e estender a vida útil de sua unidade SSD, mas percorremos um longo caminho desde então e hoje não há razão para manter esse recurso desligado, pois pode ajudar de várias maneiras com o sistema e o SSD.
  5. Desative a indexação no Windows.

    Uma grande parte da velocidade de sua unidade SSD é usada para indexar arquivos no Windows. Obviamente, o recurso de indexação é ótimo se você armazenar tudo em sua unidade SSD, mas se por acaso você tiver outra unidade para backup, fotos, música, etc., seria altamente benéfico desligá-la em seu SSD. Para desligar a indexação clique na sua menu iniciar, clique na computador. Clique com o botão direito na sua SSD e depois clique em propriedades. Desmarque a caixa que diz: Permitir que os arquivos tenham conteúdo indexado, além das propriedades do arquivo e clique OK. Depois de fazer isso, o sistema operacional aplicará isso a todos os arquivos e pastas na unidade. Se você vir uma caixa de diálogo informando que não foi possível remover um arquivo do índice, clique em Ignorar tudo.
  6. Mantenha a desfragmentação do Windows ATIVADA.

    Esta também era a opção nos primeiros dias de SSD que era melhor estar DESLIGADO, mas como disse antes, uma vez que a tecnologia está progredindo e o Windows foi aprimorado e informado sobre as unidades SSD, a desfragmentação também evoluiu e agora é mais ferramenta de otimização, em seguida, desfragmentador que já foi.
  7. Desative a Pré-busca e a Superfetch.

    O Windows está colocando informações na memória física e virtual para os aplicativos que você não está usando no momento, mas eles são usados ​​com frequência para acelerar o tempo de resposta. Se você estiver com pouco espaço ou tendo problemas com a memória virtual, seria melhor desligar os dois. Vá para o gerenciador de registro e encontre: HKEY_LOCAL_MACHINE \ SYSTEM \ CurrentControlSet \ Control \ Session Manager \ Memory Management \ PrefetchParameters, aí você tem 2 valores: EnablePrefetcher e Habilitar Superfetch, defina ambos os valores para 0.
  8. Desative os serviços de Pesquisa e Superfetch.

    Desativar Superfetch no registro não é tudo trabalho, pressione JANELAS + R para abrir o diálogo de execução, digite-o services.msc, Encontre ambos Pesquisar e SuperFetch e desabilitá-los.
  9. Configure o cache de gravação.

    O cache de gravação pode ser ativado e desativado no gerenciador de dispositivos expandindo as unidades de disco, clicando com o botão direito em SSD, Em seguida clique em propriedades, Selecione o guia de políticas. Na aba, existe a opção de Habilitar cache de gravação no dispositivo. O truque é que você precisará testar o benchmark de seu SSD com ambas as opções LIGADAS e DESLIGADAS, já que fabricantes diferentes têm desempenhos diferentes com essa opção LIGADA ou DESLIGADA.
  10. Desative CleanPageFileAtShutdown e LargeSystemCache.

    Arquivo de paginação e um grande cache de arquivos de paginação não são algo de que mais precisamos, uma vez que o SSD grava com grande velocidade em sua memória flash, ambas as opções podem ser desabilitadas e você tanto vai acelerar o encerramento do processo do seu sistema e salvar alguns Vida do SSD, pois os arquivos de página não serão gravados. Encontre as duas opções no registro na chave: Computador \ HKEY_LOCAL_MACHINE \ SYSTEM \ CurrentControlSet \ Control \ Session Manager \ Memory Management definir ambos para 0
  11. Defina alto desempenho nas opções de energia.

    Essa opção no gerenciamento de energia impedirá que seu SSD desligue constantemente e aumente a velocidade cada vez maior sem sacrificar sua vida útil.
Estas são dicas e truques para aumentar a vida útil e aumentar a velocidade de sua unidade SSD. Esperamos que você os tenha achado úteis e que volte para verificar novos artigos publicados diariamente para facilitar a vida de TI.
Saiba Mais
Correção do erro 0x80070057 no Windows 10
Esteja você usando o Windows Update ou atualizando ou instalando no seu computador com Windows 10, não é possível saber se as coisas correrão bem, pois há momentos em que você pode encontrar alguns problemas que impedem a conclusão da atualização ou atualização ou instalação . Um dos erros que você pode encontrar é o erro 0x80070057. Normalmente, quando você recebe esse erro, significa que um ou mais argumentos não são válidos. Você pode encontrar esse erro nos seguintes casos:
  • Atualização, atualização ou instalação do Windows
  • Backup do Windows, O parâmetro está incorreto
  • Particionando um disco
  • Erro de restauração da imagem do sistema 0x80070057
  • Download de aplicativos da Windows Store
Lembre-se de que as etapas de solução de problemas que você precisa seguir dependerão dos cenários em que você está. Portanto, você deve examinar cada uma das opções de solução de problemas fornecidas abaixo e seguir cuidadosamente cada uma delas, mas antes de prosseguir, você precisa criar um ponto de restauração do sistema primeiro.

Opção 1 - execute o Windows Update Troubleshooter

A primeira coisa que você pode fazer para corrigir o erro 0x80070057 é executando a Solução de problemas do Windows Update. É uma ferramenta interna do Windows que ajuda os usuários a resolver quaisquer problemas com o Windows Update. Tudo o que você precisa fazer para executá-lo é acessar Configurações e, em seguida, selecione Solucionar problemas nas opções. A partir daí, clique no Windows Update e clique no botão "Executar a solução de problemas".

Opção 2 - Use o Editor do Registro

Se você receber o erro 0x80070057 durante o Backup do Windows, será necessário fazer algumas modificações no Registro do Windows. Para fazer isso, siga estas etapas:
  • Toque nas teclas Win + R para abrir a caixa de diálogo Executar.
  • Tipo "Regedit”No campo e pressione Enter para abrir o Editor do Registro.
  • Em seguida, navegue até a seguinte chave do Registro:
HKEY_LOCAL_MACHINESOFTWAREPolíticasMicrosoftSystem
  • Em seguida, crie um novo valor DWORD e insira "CopiarFileBufferedSynchronousIo"Como o nome e coloque"1”Como seu valor.
  • Feche o Editor do Registro, reinicie o computador e verifique se o erro foi corrigido ou não.

Opção 3 - execute a ferramenta DISM

A execução da ferramenta DISM ajuda a reparar a imagem do sistema do Windows e o Windows Component Store no Windows 10. Usando esta ferramenta interna, você tem várias opções, como “/ ScanHealth”, “/ CheckHealth” e “/ RestoreHealth ”.
  • Abra o prompt de comando com privilégios de administrador.
  • Em seguida, digite os seguintes comandos e pressione Enter logo após digitar cada um deles:
    • Dism / Online / Cleanup-Image / CheckHealth
    • Dism / Online / Cleanup-Image / ScanHealth
    • exe / Online / Imagem-de-limpeza / Restorehealth
  • Não feche a janela se o processo demorar um pouco, pois provavelmente levará alguns minutos para terminar.
Nota: Se o cliente Windows Update estiver com problemas, execute o seguinte comando para repará-lo, reinicie o PC e clique em Atualizar novamente.
DISM.exe / Online / Cleanup-Image / RestoreHealth / Fonte: C: RepairSourceWindows / LimitAccess

Opção 4 - Descarregue o conteúdo da pasta SoftwareDistribution

Você deve interromper alguns serviços, como BITS, Cryptographic, MSI Installer e Windows Update Services. E para fazer isso, você precisa liberar o conteúdo da pasta SoftwareDistribution. A pasta Software Distribution no sistema operacional Windows é uma pasta que pode ser encontrada no diretório do Windows e é usada para armazenar arquivos temporariamente que podem ser necessários para instalar o Windows Update em seu PC. Portanto, ele é exigido pelo Windows Update e mantido pelo WUAgent. Além disso, ele também contém todos os arquivos de histórico do Windows Update e, uma vez que você os exclua, provavelmente perderá o histórico de atualizações. Como resultado, na próxima vez em que você executar o Windows Update, o tempo de detecção poderá ser mais longo.
  • Abra o menu WinX.
  • A partir daí, abra o prompt de comando como administrador.
  • Em seguida, digite o seguinte comando - não se esqueça de pressionar Enter logo após digitar cada um deles.
net stop wuauserv net start cryptSvc bits de início da rede net start msiserver
  • Depois de inserir esses comandos, ele interromperá o Windows Update Service, o Background Intelligent Transfer Service (BITS), o Cryptographic e o MSI Installer
  • Em seguida, vá para a pasta C: / Windows / SoftwareDistribution e livre-se de todas as pastas e arquivos, tocando nas teclas Ctrl + A para selecioná-los todos e, em seguida, clique em Excluir. Observe que, se os arquivos estiverem em uso, você não poderá excluí-los.

Opção 5 - redefinir o cache da Windows Store

  • Clique com o botão direito do mouse no botão Iniciar e clique em Prompt de Comando (administrador).
  • Em seguida, digite o comando "wsreset.exe”E toque em Enter. Quando você fizer isso, o comando limpará o cache do aplicativo Windows Store.

Opção 6 - Executar varredura SFC

A execução da verificação SFC ou do Verificador de arquivos do sistema também pode ajudar na correção do erro 0x80070057.
  • Toque em Win + R para iniciar o Run.
  • Digitar cmd no campo e toque em Enter.
  • Após abrir o prompt de comando, digite sfc / scannow e pressione Enter.
O comando iniciará uma verificação do sistema que levará alguns instantes antes de terminar. Uma vez feito, você poderá obter os seguintes resultados:
  1. A Proteção de Recursos do Windows não encontrou nenhuma violação de integridade.
  2. A Proteção de Recursos do Windows encontrou arquivos corrompidos e os reparou com êxito.
  3. A Proteção de Recursos do Windows encontrou arquivos corrompidos, mas não conseguiu corrigir alguns deles.
Saiba Mais
Corrigir erro SYSTEM_PTE_MISUSE no Windows
Se de repente você encontrar o erro de tela azul SYSTEM_PTE_MISUSE – 0x000000DA ao usar seu computador Windows 10, continue lendo, pois esta postagem fornecerá algumas possíveis correções para resolver esse tipo de erro de tela azul da morte (BSOD). Existem muitas causas potenciais para o erro SYSTEM_PTE_MISUSE – 0x000000DA BSOD. No entanto, detecção de hardware incompatível e falha de reconhecimento de hardware são alguns dos principais culpados. Outra coisa que pode desencadear esse tipo de erro BSOD é a corrupção do arquivo do sistema, o que significa que, se um driver do sistema para um hardware específico for corrompido, ele não poderá reconhecer o dispositivo externo e, eventualmente, travará o sistema com o SYSTEM_PTE_MISUSE - 0x000000DA Erro de tela azul. A verificação de bug SYSTEM_PTE_MISUSE tem um valor de 0x000000DA que indica que uma entrada de tabela de página ou rotina PTE foi usada incorretamente. Para corrigir esse erro, aqui estão algumas sugestões que podem ajudar, mas antes de começar a solucionar o problema, certifique-se de criar um ponto de restauração do sistema primeiro.

Opção 1 - Tente desabilitar PIT Security na BIOS

Se você estiver usando um computador Dell e ele exibir esse tipo de erro de tela azul, precisará ir ao BIOS e desmarcar a segurança PIT e verificar se isso ajuda a solucionar o problema.
  • Toque na tecla F2 durante a fase de inicialização para entrar no BIOS.
  • Quando estiver no BIOS, vá para a guia Segurança e a seção Segurança do PIT.
  • A partir daí, desmarque a caixa "PIT On" para desativar a segurança do PIT.
  • Agora reinicie o computador e verifique se o erro da tela azul está corrigido ou não.

Opção 2 - Verifique se há dispositivos incompatíveis

A próxima coisa que você pode fazer para solucionar o erro de parada SYSTEM_PTE_MISUSE é conectar e desconectar cada um dos diferentes hardwares que estão conectados ao seu computador. Isso ajudará você a determinar qual hardware é o que está causando o erro. Você também saberá quais drivers de hardware ou qualquer outra coisa pode estar causando esse erro, incluindo dispositivos externos como mouse, teclado, impressora, bem como componentes conectados internamente como a placa gráfica e assim por diante.

Opção 3 - Tente atualizar, reverter ou desabilitar drivers de dispositivo

Para corrigir o erro de parada SYSTEM_PTE_MISUSE, você também pode tentar reverter, atualizar ou desabilitar os drivers de dispositivo. É mais provável que, depois de atualizar o computador Windows, o driver também precise de uma atualização. Por outro lado, se você acabou de atualizar seus drivers de dispositivo, você precisa reverter os drivers para suas versões anteriores. O que for aplicável a você, consulte as etapas abaixo.
  • Abra o Gerenciador de dispositivos no menu Win X.
  • Em seguida, localize os drivers de dispositivo e clique com o botão direito do mouse neles para abrir as Propriedades.
  • Depois disso, mude para a guia Driver e clique no botão Desinstalar dispositivo.
  • Siga a opção da tela para desinstalá-lo completamente.
  • Finalmente, reinicie o seu computador. Apenas reinstalará os drivers de dispositivo automaticamente.
Nota: Você pode instalar um driver dedicado em seu computador, caso o tenha, ou também pode procurá-lo diretamente no site do fabricante.

Opção 4 - Execute a verificação do verificador de arquivos do sistema

O Verificador de arquivo do sistema ou SFC é um utilitário de comando interno que ajuda na restauração de arquivos corrompidos e de arquivos ausentes. Ele substitui arquivos de sistema defeituosos e corrompidos por bons arquivos de sistema. Portanto, você pode tentar executá-lo para resolver o erro de tela azul SYSTEM_PTE_MISUSE. Para fazer isso, siga as etapas abaixo.
  • Toque em Win + R para iniciar o Run.
  • Digitar cmd no campo e toque em Enter.
  • Após abrir o prompt de comando, digite sfc / scannow
O comando iniciará uma verificação do sistema que levará alguns instantes antes de terminar. Uma vez feito, você poderá obter os seguintes resultados:
  1. A Proteção de Recursos do Windows não encontrou nenhuma violação de integridade.
  2. A Proteção de Recursos do Windows encontrou arquivos corrompidos e os reparou com êxito.
  3. A Proteção de Recursos do Windows encontrou arquivos corrompidos, mas não conseguiu corrigir alguns deles.
 Reinicie o computador.

Opção 5 - execute o solucionador de problemas de tela azul

A solução de problemas de tela azul é uma ferramenta interna do Windows 10 que ajuda os usuários a corrigir erros de BSOD como SYSTEM_PTE_MISUSE - 0x000000DA. Pode ser encontrado na página de solução de problemas de configurações. Para usá-lo, consulte estas etapas:
  • Toque nas teclas Win + I para abrir o painel Configurações.
  • Em seguida, vá para Atualização e segurança> Solução de problemas.
  • A partir daí, procure a opção chamada "Tela azul" no lado direito e clique no botão "Executar a solução de problemas" para executar a solução de problemas de tela azul e siga as próximas opções na tela. Observe que você pode precisar inicializar o seu PC no modo de segurança.
Saiba Mais
A nova compilação de desenvolvimento do Windows 11 terá bugs
canal de construção de dev do windows 11A Microsoft enviou um e-mail aos usuários no canal Dev build dizendo que a empresa pretende enviar algumas compilações que não representam o que os consumidores receberão com o Windows 11 quando for lançado oficialmente. Em outras palavras, essas serão algumas compilações bastante problemáticas que não serão muito agradáveis ​​de usar. A empresa recomenda que os usuários mudem do canal Dev para o beta se não estiverem preparados para lidar com a instabilidade. Teremos que esperar e ver o quão bugadas essas compilações são, mas se a Microsoft estiver realmente enviando um aviso sobre elas, é muito provável que as compilações sejam atormentadas por problemas e talvez até problemas de estabilidade.

Voltar ao Windows 10

Como podemos esperar alguma compilação com bugs do Windows 11 se você preferir um sistema estável em vez de novos recursos, talvez a melhor decisão seja voltar para o Windows 10 até que o novo sistema operacional chegue ao lançamento oficial.

Mudar do canal dev build para o canal beta

Outra solução, se você não quiser lidar com muitos problemas, é mudar do canal Dev build para beta, onde as coisas serão mais estáveis. Siga o guia abaixo para mudar rapidamente para o canal beta. As instruções a seguir se aplicam apenas às instalações do Windows 11 vinculadas ao programa Windows Insider, não à instalação limpa do sistema operacional.
  1. Press ⊞ JANELAS + I para abrir as configurações
  2. Dentro das configurações, clique em Atualização do Windows
  3. No Windows Update, clique em Programa Insider janelas
  4. Clique dentro em Escolha suas configurações de Insider
  5. Clique no botão próximo a Canal Beta para selecioná-lo (você pode voltar para o canal Dev aqui se mudar de ideia)
A configuração será salva automaticamente e a partir de agora você receberá apenas atualizações do canal beta.
Saiba Mais
Avaliação do software Ventoy

Há muito software no mercado hoje, mas de vez em quando descobrimos algo extraordinário e único que vale a pena compartilhar e hoje temos uma ameaça para você. Ventoy é uma ferramenta que irá ajudá-lo com as reinstalações e manutenção do sistema de uma vez por todas.

Se você é um usuário de computador que possui vários sistemas operacionais ou está instalando e mantendo hardware diferente por meio de sistema operacional diferente, há uma grande chance de você ter vários sticks USB com sistemas operacionais diferentes.

Agora, o problema com isso é que provavelmente há muitos sticks sem rótulo por aí ou você não tem o suficiente, então você continua fazendo USBs de sistema, dependendo de qual deles você pode precisar.

vento

Ventoy resolve todos esses problemas permitindo que você tenha tantas imagens de sistemas operacionais quanto a capacidade do seu USB. A única coisa que você precisa fazer é obter o software aqui: https://www.ventoy.net/en/index.html e fazer um USB com ele, então você pode copiar livremente suas imagens ISO para o USB e, uma vez inserido no computador, você receberá um menu para escolher com qual deseja começar, simples assim.

Funcionalidades

  • 100% de código aberto (licença)
  • Muito simples de usar (Iniciar)
  • Rápido (limitado apenas pela velocidade de cópia do arquivo iso)
  • Pode ser instalado em USB/Disco Local/SSD/NVMe/Cartão SD
  • Inicialize diretamente a partir de arquivos ISO/WIM/IMG/VHD(x)/EFI, sem necessidade de extração
  • Suporte para navegar e inicializar arquivos ISO/WIM/IMG/VHD(x)/EFI no disco local Notas
  • Não há necessidade de ser contínuo em disco para arquivos ISO/WIM/IMG/VHD(x)/EFI
  • Os estilos de partição MBR e GPT são suportados
  • BIOS legado x86, IA32 UEFI, x86_64 UEFI, ARM64 UEFI, MIPS64EL UEFI suportado
  • IA32/x86_64 UEFI Secure Boot suportado Notas
  • Linux Persistência suportada Notas
  • Instalação automática do Windows suportada Notas
  • Instalação automática do Linux suportada Notas
  • Expansão de variáveis ​​suportada para script de instalação automática Windows/Linux Notas
  • FAT32/exFAT/NTFS/UDF/XFS/Ext2(3)(4) suportado para partição principal
  • Arquivos ISO maiores que 4 GB suportados
  • Alias ​​de menu, mensagem de dica de menu suportada
  • Proteção por senha suportada
  • Estilo de menu de inicialização nativo para Legacy e UEFI
  • A maioria dos tipos de SO suportados, mais de 1000 arquivos ISO testados
  • Solução de inicialização Linux vDisk(vhd/vdi/raw...) Notas
  • Não apenas inicialize, mas também conclua o processo de instalação
  • Menu comutável dinamicamente entre os modos ListView e TreeView Notas
  • Conceito "Compatível com Ventoy"
  • Plugin Framework e configurador de plug-in GUI
  • Injeção de arquivos no ambiente de execução
  • Substituição dinâmica do arquivo de configuração de inicialização
  • Tema altamente personalizável e estilo de menu
  • Suporte protegido contra gravação de unidade USB
  • Uso normal do USB não afetado
  • Dados não destrutivos durante uma atualização de versão
  • Não há necessidade de atualizar Ventoy quando uma nova distro for lançada
Saiba Mais
Abra páginas específicas sempre que o Chrome é iniciado
Quando estamos trabalhando em nosso computador, temos tendências para fazê-lo parecer e se comportar de acordo com nossas melhores necessidades e, no entanto, o que melhor nos convém. A Internet entrou em nossas vidas e se tornou um must-have na sociedade moderna, os navegadores de internet como um software crucial para visualizar a web também cresceram e se tornaram mais abertos para configurações e personalização do usuário, o Chrome, um dos o navegador mais popular tem a opção de abrir um conjunto específico de páginas à medida que é aberto e é isso que abordaremos hoje neste tutorial. Não importa se você gostaria de abrir por padrão alguma loja online, talvez um e-mail ou site de notícias, você pode abrir cada um deles ou todos eles assim que o Chrome for executado, tornando sua rotina diária mais agradável e sem estresse. A primeira coisa, é claro, é iniciar o próprio Chrome, assim que o Chrome estiver ativo, clique em três pontos no canto superior direito da janela do Chrome e selecione as configurações. Configurações do Google ChromeQuando você estiver nas configurações, no lado esquerdo mova em direção à parte inferior até que você encontre uma guia que diz No arranque e clique nele. À direita, uma nova seção se abrirá, clique em Abra uma página específica ou um conjunto de páginas. Páginas de inicialização do ChromeVocê terá a opção de adicionar uma nova página digitando seu URL ou obtendo-o de favoritos ou usando um específico aberto. Você pode repetir esse processo até adicionar todas as páginas que deseja abrir automaticamente assim que o Chrome for aberto pela primeira vez.

BONUS:

Se você notou logo acima da configuração que usamos para abrir um conjunto específico de páginas, há a opção Continuar de onde você parou, esta opção irá abrir cada página exatamente onde estava quando o Chrome foi desligado, permitindo que você continue visualizando onde você pararam. Isso é útil se por acaso a bateria acabar ou você tiver que desligar o computador rapidamente por qualquer motivo.
Saiba Mais
Corrigir erro de atualização do Windows 0x8024A10A
O serviço Windows Update, assim como outros serviços no Windows 10, às vezes pode apresentar alguns problemas e parar de se comportar corretamente. Um dos problemas que você pode encontrar ao usar o serviço Windows Update é o erro do Windows Update 0x8024A10A. Esse tipo de código de erro significa que o serviço Windows Update está sendo desligado. Portanto, se você encontrar esse erro, continue lendo, pois esta postagem o orientará sobre como corrigi-lo. Ao receber o erro 0x8024A10A do Windows Update, você poderá ver esta mensagem de erro na tela: “USO_E_SERVICE_SHUTTING_DOWN indica que o serviço WU está sendo desligado. Isso pode ocorrer devido a um período muito longo de inatividade, um travamento do sistema levando o serviço a ficar inativo e levando ao desligamento do serviço. Verifique se o sistema permanece ativo e as conexões permanecem estabelecidas para concluir a atualização. ” Você pode tentar reiniciar o computador para resolver o problema, pois há casos em que uma simples reinicialização pode corrigir erros. No entanto, se não funcionar, as opções fornecidas abaixo são úteis.

Opção 1 - Tente reiniciar o Windows Update Service

A primeira coisa que você pode fazer para corrigir o erro 0x8024A10A do Windows Update é reiniciar o Windows Update Service no Gerenciador de Serviços. Para fazer isso, execute as seguintes etapas:
  • Na caixa de pesquisa Cortana, digite "services" e clique no ícone Services para abrir o Services Manager. Como alternativa, você também pode tocar nas teclas Win + R para iniciar o prompt Executar e digitar "services.msc”No campo e pressione Enter para abrir o Gerenciador de Serviços.
  • Após abrir o Gerenciador de Serviços, procure o Windows Update Service.
  • Depois de encontrá-lo, clique com o botão direito sobre ele e verifique se o serviço foi interrompido. Se estiver, selecione a opção Iniciar. Por outro lado, se o Windows Update Service já estiver iniciado, basta selecionar a opção Reiniciar.
  • Depois disso, tente executar o Windows Update novamente e verifique se o erro 0x8024A10A está corrigido.

Opção 2 - execute o Windows Update Troubleshooter

Como o solucionador de problemas do Windows Update revisa o status dos serviços que oferecem suporte ao processo, ele solicitará e corrigirá se houver algo que não esteja certo. Portanto, você pode querer executar um solucionador de problemas interno do Windows Update para resolver o erro do Windows Update. É uma das coisas que você pode verificar, pois é conhecido por resolver automaticamente quaisquer erros do Windows Update, como o erro 0x8024A10A. Para executar este solucionador de problemas, vá para Configurações e selecione Solucionar problemas nas opções. A partir daí, clique em Windows Update e, em seguida, clique no botão “Executar o solucionador de problemas”. Depois disso, siga as próximas instruções na tela e você estará pronto para continuar.

Opção 3 - Execute o solucionador de problemas online da Microsoft

Além da solução de problemas do Windows Update, a execução da solução de problemas online da Microsoft também pode ajudá-lo a corrigir o Erro 0x8024A10A do Windows Update. Essa solução de problemas online é conhecida por ajudar na correção de erros do Windows Update, verifica o computador em busca de problemas que possam estar causando o problema e os corrige automaticamente.

Opção 4 - Tente executar o Windows Update Service em um estado de inicialização limpa

Existem alguns casos em que alguns programas conflitantes instalados no seu computador podem estar causando o código de erro 0x8024A10A do Windows Update. Para identificar qual programa está causando o problema, você precisa colocar o computador em um estado de inicialização limpa. Para fazer isso, siga as etapas abaixo.
  • Faça logon no seu PC como administrador.
  • Digitar MSConfig na pesquisa inicial para abrir o utilitário de configuração do sistema.
  • A partir daí, vá para a guia Geral e clique em "Inicialização seletiva".
  • Desmarque a caixa de seleção "Carregar itens de inicialização" e verifique se as opções "Carregar serviços do sistema" e "Usar configuração de inicialização original" estão marcadas.
  • Em seguida, clique na guia Serviços e marque a caixa de seleção “Ocultar todos os serviços Microsoft”.
  • Clique em Desativar tudo.
  • Clique em Aplicar / OK e reinicie o seu PC. (Isso colocará seu PC em um estado de inicialização limpa. E configure o Windows para usar a inicialização normal, basta desfazer as alterações.)
  • Agora, tente executar o Windows Update Service novamente e verifique se o erro 0x8024A10A do Windows Update agora desapareceu.
Saiba Mais
O que fazer se o Painel de Controle do Windows 10 não estiver abrindo
O Painel de Controle é uma das ferramentas mais importantes do Windows que permite aos usuários controlar e alterar várias configurações. No entanto, há casos em que ele apresenta alguns problemas, como quando os usuários não conseguem abri-lo. Recentemente, muitos usuários reclamaram de não conseguir abrir o Painel de Controle. Para ser mais específico, os usuários conseguiram abri-lo, mas durou apenas um segundo e depois desapareceu. Este não é apenas um problema que você pode ignorar, pois isso impedirá que você acesse algumas configurações principais em seu computador e você não poderá executar alguma tarefa importante sem ele. De acordo com especialistas em segurança, esse problema provavelmente é causado por um bug no Windows Update. Se você instalou uma atualização recentemente, provavelmente é o culpado. Além do Windows Update, também há outras coisas que podem causar esse problema. Alguns deles são o painel de áudio IDT e um arquivo do painel de controle que causa problemas conflitantes com o painel de controle que leva a esse problema. Além desses casos mencionados, os serviços de relatório de erros do Windows também podem ser uma das causas desse problema. Como você pode ver, como existem muitas causas possíveis para esse problema, este post também preparou muitas opções que você deve conferir. Acompanhe cada um deles e veja qual funcionou melhor para você.

Opção 1 - Tente atualizar seu PC com Windows 10

Se você não atualizou seu PC para a versão mais recente do Windows 10, então você deve. Muitos usuários descobriram que o problema com o Painel de Controle foi corrigido logo após a atualização dos PCs com Windows 10. Provavelmente porque a Microsoft provavelmente lançou uma correção em uma das atualizações mais recentes.

Opção 2 - tente desinstalar o painel de áudio IDT

Para alguns usuários, a desinstalação do IDT Audio Panel de seus PCs fez o truque. Você também pode tentar fazer o mesmo para corrigir o Painel de Controle que está desaparecendo. De acordo com esses usuários. O painel de áudio IDT foi o que causou o problema. Para desinstalar o painel de áudio IDT, aqui está o que você deve fazer:
  • Toque nas teclas Win + R ao mesmo tempo para abrir a caixa de diálogo Executar.
  • Em seguida, digite "appwiz.cpl”No campo e toque em Enter para abrir a tela“ Desinstalar ou alterar um programa ”do Painel de Controle.
  • A partir daí, procure o painel de áudio IDT, selecione-o e selecione a opção Desinstalar e siga as próximas instruções na tela que aparecerem.
Nota: Se você não conseguir localizar o painel de áudio IDT ou simplesmente não conseguir acessar a tela Desinstalar ou alterar o programa ou não conseguir manter o Painel de Controle aberto por um longo tempo, veja o que você pode fazer:
  • Toque nas teclas Win + R ao mesmo tempo mais uma vez para abrir a caixa de diálogo Executar.
  • E no campo, digite "devmgmt.msc”E pressione Enter para abrir o Gerenciador de dispositivos.
  • Após abrir o Gerenciador de Dispositivos, procure a opção “Controladores de som, vídeo e jogos” e clique duas vezes sobre ela.
  • A partir daí, localize o painel de áudio IDT ou "IDT High Definition CODEC" e selecione Desinstalar e siga as próximas instruções que aparecerem.

Opção 3 - tente excluir ou renomear IDTNC64.cpl

IDTNC64.cpl é um arquivo de controle no painel de controle. No entanto, pode ser o que está causando o problema, pois pode estar em conflito com o painel de controle. Como resultado, o painel de controle trava após um segundo ou mais. Muitos usuários corrigiram o problema renomeando ou excluindo este arquivo - a opção mais segura seria renomeá-lo.
  • Toque nas teclas Win + E para abrir o File Explorer.
  • Na barra de endereço localizada na parte superior, digite "C: \ Windows \ System32”E toque em Enter para abrir esta pasta.
  • A partir daí, procure o arquivo IDTNC64.cpl, clique com o botão direito sobre ele e selecione a opção Renomear.
  • Você pode nomear o arquivo como quiser, mas é melhor renomeá-lo para "antigocpl".
  • Depois de renomear o arquivo, tente abrir o painel de controle novamente. Deve funcionar bem agora.

Opção 4 - Tente desativar o Serviço de Relatório de Erros do Windows

Como mencionado anteriormente, o Serviço de Relatório de Erros do Windows também é conhecido por causar o problema; portanto, alguns usuários o desabilitam e corrigem o problema.
  • Toque nas teclas Win + R.
  • No campo, digite "MSConfig”E pressione Enter para abrir a Configuração do Sistema.
  • Depois de abrir a Configuração do sistema, vá para a guia Serviços, procure o Serviço de Relatório de Erros do Windows e desmarque a caixa de seleção.
  • Clique no botão Aplicar e clique em OK. Agora você deve ver uma data na coluna Desativar data. Em seguida, verifique se o painel de controle está funcionando corretamente, caso contrário, reinicie o computador e verifique novamente. Isso deve resolver o problema.

Opção 5 - tente abrir o painel de controle via Executar

Essa opção é mais uma solução alternativa do que uma solução, pois na verdade não corrige o problema com o Painel de Controle, mas ajuda a acessar os controles, no mínimo.
  • Toque nas teclas Win + R para abrir Executar.
  • Digitar "appwiz.cpl”No campo e toque em Enter para abrir a tela Desinstalar ou alterar o programa do Painel de Controle.
  • Em seguida, copie e cole "Painel de controle de todos os itens do painel de controle”Na barra de endereço localizada na parte superior central da tela. Você não deve digitar o endereço fornecido e simplesmente copiá-lo e colá-lo. Depois disso, você verá uma lista de controles do painel de controle que pode usar.
Saiba Mais
Corrigir erro ERR_UNSAFE_PORT no Chrome
Como você sabe, um dos navegadores da web mais úteis em todo o mundo é o Google Chrome. No entanto, não é isento de falhas, pois você pode encontrar erros ao usá-lo. Um desses erros é o erro ERR_UNSAFE_PORT. Esse tipo de erro é causado pelo acesso aos dados por meio de uma porta não recomendada. Ao encontrar esse tipo de erro no Chrome, você verá a seguinte mensagem de erro na tela:
“A página da web não está disponível, a página da web em pode estar temporariamente fora do ar ou pode ter sido movido permanentemente para um novo endereço. Código de erro: ERR_UNSAFE_PORT ”
Nesta postagem, você será orientado sobre como corrigir o erro ERR_UNSAFE_PORT no Google Chrome no seu computador com Windows 10. Você pode tentar definir portas permitidas ou redefinir ou reinstalar o Google Chrome. Para mais detalhes, consulte as opções fornecidas abaixo.

Opção 1 - Tente definir as portas permitidas

  • Para começar, abra o Google Chrome.
  • Depois disso, vá para a guia Atalho e digite o seguinte após o endereço inteiro no campo chamado Destino: --explicitly-allowed-ports=xxx
  • Deve ficar assim “C:/Documents and Settings/User/Local Settings/Application Data/Google/Chrome/Applicationchrome.exe --explicitly-allowed-ports=6666”.
  • Agora clique em Aplicar e clique em OK para salvar as alterações feitas.

Opção 2 - redefinir o Chrome

A redefinição do Chrome também pode ajudar a corrigir o erro. Isso significa que você restaurará suas configurações padrão, desabilitando todas as extensões, complementos e temas. Além disso, as configurações de conteúdo também serão redefinidas e os cookies, cache e dados do site também serão excluídos. Para redefinir o Chrome, você deve fazer o seguinte:
  • Abra o Google Chrome e toque nas teclas Alt + F.
  • Depois disso, clique em Configurações.
  • Em seguida, role para baixo até ver a opção Avançado. Depois de vê-la, clique nela.
  • Depois de clicar na opção Avançado, vá para a opção "Restaurar e limpar e clique na opção" Restaurar configurações para os padrões originais "" para redefinir o Google Chrome.
  • Agora reinicie o Google Chrome

Opção 3 - Tente limpar e reinstalar o Chrome

Há casos em que os programas deixam os arquivos para trás depois de desinstalá-los e o mesmo pode acontecer com o Chrome. Antes de reinstalar o Chrome, você deve excluir a pasta Dados do usuário. Para fazer isso, consulte as seguintes etapas:
  • Pressione as teclas Win + R para abrir a caixa de diálogo Executar.
  • Em seguida, digite "% USERPROFILE% AppDataLocalGoogleChromeUser Data" no campo e pressione Enter para abrir a pasta Dados do usuário.
  • A partir daí, renomeie a pasta padrão e dê outro nome a ela, por exemplo, “Default.old”.
  • Depois disso, instale o Google Chrome novamente e verifique se o problema foi corrigido.
Saiba Mais
1 2 3 ... 171
Logotipo
Copyright © 2023 ErrorTools. Todos os direitos reservados
Marca registrada: os logotipos do Microsoft Windows são marcas registradas da Microsoft. Isenção de responsabilidade: ErrorTools.com não é afiliado à Microsoft, nem reivindica afiliação direta.
As informações desta página são fornecidas apenas para fins informativos.
Proteção DMCA.com Estado